O maior diferencial de Pelé, de acordo com Pelé

Por Top Blog

Públicado em 24 de novembro

image01

No último 23 de Outubro, Edson Arantes do Nascimento, o famoso Pelé, aclamado como o melhor jogador de futebol da história, completou 75 anos. O boleiro de Três Corações, que no passado mandava muito bem com a bola e hoje em dia não manda tão bem em entrevistas, já foi analisado, virado de ponta cabeça, estudado, discutido e todo especialista parece dizer algo diferente sobre o segredo do sucesso dele.

Mas então, porquê não perguntar pro próprio mestre? Turíbio Barros, jornalista e doutor em fisiologia teve a oportunidade de conversar com o próprio rei e relatou para o Globo Esporte que a resposta de Pelé foi nada mais, nada menos que isso: “Eu considero que o que eu tinha a mais que todos os outros atletas com que eu joguei era a “visão periférica”.

image00

De acordo com o jornalista, o ex-atleta disse que a sua larga visão do que acontecia em campo o permitia prever os movimentos dos adversários que chegavam na bola, para assim poder planejar e agir antes que eles pudessem reagir.

Na verdade, Pelé não é o único atleta a frisar a importância da visão no esporte. Até atletas de 100m sofrem sem visão periférica. É o exemplo de Leroy Burrell, velocista quebrador de recordes que tinha apenas um olho funcional e não podia ver os adversários à sua direita, o que atrapalhou seu favoritismo nas Olimpíadas de Barcelona e o deixou sem medalha:

TOP BLOG © Todos os direitos reservados.
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com