Cientistas investigam estátua de Buda e descobrem algo incrível

Por Top Blog

Públicado em 11 de março

faeac4e1eef307c2ab7b0a3821e6c66727

Uma estátua de mais de 1000 anos com a representação de Buda está intrigando os especialistas com o conteúdo encontrado. Para analisar o interior, eles realizaram uma tomografia computadorizada e ao fazê-lo, encontraram um monge budista completamente preservado. Ele foi provavelmente mumificado dentro da estátua através de um complexo procedimento.

Entre outros passos, o procedimento para conseguir o feito envolve a ingestão de um chá venenoso e o sepultamento vivo da pessoa dentro de uma grande cova de pedra. O monge continuou meditando dentro da cova para atingir iluminação.

a2ef406e2c2351e0b9e80029c909242d31

Sua respiração se dava por um tubo, e tocou um sino para sinalizar que ainda estava vivo. Quando o sino parou de tocar, ele permaneceu na tumba por mais 1000 dias. O mais interessante de tudo é que não se tratava de um monge qualquer, mas Liuqan, uma influente figura do budismo que viveu quase 1000 anos atrás.

Os pesquisadores acreditam que ele tenha sido removido da tumba e colocado dentro da estátua, uma vez que se tratava de alguém tão importante. Os pesquisadores ficaram surpresos ao descobrir que durante esse processo seus órgãos internos foram removidos. No lugar deles, foram encontrados pedaços de um pergaminho com misteriosos caracteres chineses, que ainda estão sendo decodificados pelos pesquisadores.

751d31dd6b56b26b29dac2c0e1839e3429

Atualmente, budistas dizem que Liuqan atingiu a iluminação através da meditação e portanto não estão mortos, mas em uma fase profunda da meditação.

Por Marina Xavier

TOP BLOG © Todos os direitos reservados.
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com